Fortes e Fortalezas

Aqueles que procuram um passeio que une a história do país a belezas naturais e arquitetônicas incríveis, fortificações militares e paisagens deslumbrantes, Niterói supera todas as expectativas, pois abriga o maior complexo de Fortes da América Latina. Em 2012 a paisagem da cidade do Rio de Janeiro ganhou o título de Patrimônio Mundial, concedido pela Unesco, incorporando o complexo de fortes de Niterói da entrada da Baía de Guanabara.

Bateria de Nossa Senhora da Boa Viagem
Conhecida como Forte da Boa Viagem ou Fortim da Boa Viagem, localiza-se na ilha de mesmo nome, no interior da baía da Guanabara, cerca de 1,5 quilômetros ao sul do centro histórico de Niterói. Erguido no final do século XVII. Fortim-observatório, destinado à vigilância da entrada da baía de Guanabara. Marcar visita com antecedência de 48 horas.
Endereço: Praia da Boa Viagem, s/nª – Ilha de Boa Viagem, Boa Viagem
Informações: 2710-6581, entre 12 e 14 horas

Fortaleza de Santa Cruz
Foi a primeira fortaleza erguida em volta da Baía de Guanabara, de origem em 1555, na época da invasão francesa. Veio recebendo melhorias desde a expulsão dos franceses e em diversas épocas até a construção que se vê atualmente. Hoje a Fortaleza é composta de 41 casamatas, distribuídas em dois andares que abrigam canhões seculares. Destaca-se também a Capela de Santa Bárbara, em estilo colonial que abriga no seu interior uma imagem de tamanho natural, em madeira maciça e ornada de pedras preciosas, o relógio de sol de 1820 construído em mármore, além de prisões colônias, pontos de tortura, o local de fuzilamento e um antigo paiol.
Horário: de terça a domingo, das 9 às 16 horas.
Endereço: Estrada Gal. Eurico Gaspar Dutra, s/nª, Jurujuba.
Informações: 2711-0462

Barão do Rio Branco
Suas construções, em cantarias de pedras e cimentadas com óleo de baleia, cal de conchas e mariscos, iniciaram-se no séc. XIX. Juntos eles constituem um complexo que reúne uma série de atrações para os turistas ao lado das belezas naturais. Em 1555, por ocasião da primeira invasão francesa, foi criado um Observatório. Em 1567, ano da expulsão foi armado e transformado em bateria com as primeiras bocas de fogo.
Horário: sábados, domingos e feriados, das 9 às 16 horas.
Endereço: Av. Marechal Pessoa Leal, 265, Jurujuba.
Informações: 2711-0566.

Forte do Imbuí
Construção do final do século XIX, encontra-se dentro do Forte Rio Branco, dotado do excelente Hotel de Trânsito dos Oficiais, tendo hospedado ilustres visitantes do Brasil e do exterior. Tem ao redor uma natureza fantástica.
Horário: sábados, domingos e feriados, das 9 às 16 horas.
Endereço: Av. Marechal Pessoa Leal, 265, Jurujuba.
Informações: 2711-0366 / 0566

Forte de São Luiz
Sua construção data de 1715 e sua fundação de 1775. Hoje, o caminho que lhe dá acesso está pavimentado e de suas ruínas se descortina uma das mais belas paisagens do Rio de Janeiro e de Niterói. Acesso pelo Forte Barão do Rio Branco. Belíssima muralha de pedra, com um grande portão de entrada, fazem do forte uma das áreas mais visitadas do Rio de Janeiro.
Horário: sábados, domingos e feriados, das 9 às 16 horas.
Informações: 2711-0462

Forte do Pico
Encontra-se a 230 metros de altitude, no Morro do Pico. Sua construção foi concluída nó inicio do séc. XX. Conta com antigos obsuleiros de 280 mm, importados da Alemanha. Do alto do pico, avista-se, de um lado, a Fortaleza de Santa Cruz, o Morro da Urca, a Baía de Guanabara, e toda a cidade do Rio de Janeiro. Do outro lado, a enseada de Charitas e São Francisco, o Forte Imbuí e uma visão deslumbrante do Oceano Atlântico.

Forte Gragoatá
Construído entre os séculos XVII e XVIII, em uma bela praia, obedecendo à mesma destinação dos demais fortes, ou seja, guardar a entrada da baía de Guanabara. As primeiras baterias datam de 1600, entretanto, a construção vista atualmente é do séc XVIII. O nome Gragoatá vem de uma planta abundante no morro ao lado do Forte que se chama gravatá, da família das bromeliáceas.
Endereço: Praia do Gragoatá, 145, Gragoatá.
Informações: 2719-4155

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *