Caminho Niemeyer

O Caminho Niemeyer é um conjunto de edifícios culturais municipais de grande valor arquitetônico, todos projetados por Oscar Niemeyer, nos bairros litorâneos na cidade de Niterói, hoje estendendo-se por 3,5km junto à orla da cidade indo do centro à zona sul, desde o terreno do Aterro da Praia Grande no Centro até o bairro da Boa Viagem.

O objetivo inicial das obras era revitalizar o centro da cidade de Niterói até o Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Foi quando o Museu de Arte Contemporânea de Niterói havia sido concluído quando o prefeito, em exercício na época, convidou o arquiteto Oscar Niemeyer para o projeto. Inicialmente o terreno de 72.000 m² à beira mar, no Aterro da Praia Grande, iria abrigar um complexo arquitetônico voltado para a cultura e distribuir as várias construções projetadas por Niemeyer ao longo da orla, desde o terreno no Centro até o bairro de Charitas, passando pelo bairro da Boa Viagem, onde o MAC se juntaria ao conjunto, formando um caminho ao longo da orla – o Caminho Niemeyer.

O projeto passou por diversas modificações, tanto com relação a sua própria localização, quanto a definição dos prédios a serem construídos e seus projetos arquitetônicos. Além de que os custos seriam muito elevados para os padrões de novos empreendimentos da Prefeitura.

Assim, buscando parcerias com a iniciativa privada e com o governo federal para a realização da obra, o Grupo Executivo do Caminho Niemeyer, implantado em julho de 2001, passou a viabilizar o início da construção de todos os prédios do Caminho Niemeyer – inclusive outros que vieram a se integrar ao projeto fora do terreno do conjunto arquitetônico.

O Caminho Niemeyer inclui atualmente dez projetos, sendo que seis já foram concluídos, um em construção e três ainda em fase de projeto:

Fundação Oscar Niemeyer
A sede da Fundação Oscar Niemeyer é sexta obra do arquiteto a ser inaugurada no Caminho Niemeyer. A primeira foi o Museu de Arte Contemporânea (MAC) e depois vieram a Praça JK, o Memorial Roberto Silveira, o Teatro Popular e o Terminal das Barcas de Charitas. A nova sede da Fundação Oscar Niemeyer terá uma área de cerca de quatro mil metros quadrados, constituindo um espaço cultural que atrairá visitantes e estudiosos de todo o mundo. No local serão instaladas a sua administração, o Centro de Pesquisa e Documentação e a Escola Oscar Niemeyer de Arquitetura e Humanidades.

Museu de Arte Contemporânea de Niterói – MAC
Tornou-se o principal cartão-postal de Niterói. Destina-se principalmente a obras pertencentes à arte contemporânea, todas datadas ao decorrer do século XX. O museu possui um acervo de 1.217 obras da Coleção João Sattamini e mais de 300 da Coleção MAC Niterói.

Praça JK
A praça foi construída em cima da primeira garagem subterrânea de Niterói como homenagem ao presidente Juscelino Kubitschek, através de seu nome e de uma escultura de Oscar Niemeyer e JK sentados num dos bancos da praça e uma marquise projetada por Niemeyer.

Memorial Roberto Silveira ou Centro de Memória Roberto Silveira
O prédio abriga importante acervo histórico e iconográfico de Niterói, começando com mais de 200 mil títulos digitalizados contendo dados da cidade de Niterói, do Estado do Rio de Janeiro e da vida do ex-governador Roberto Silveira, ainda contém terminais de computadores para consultas eletrônicas, espaço para exposições, central de informação e impressão de dados pesquisados, auditório e painel do artista plástico Cláudio Valério Teixeira, retratando a história de Roberto Silveira.

Teatro Popular de Niterói
O interior do teatro comporta 380 lugares. Entretanto o palco apresenta parte posterior reversível, que se abre para uma ampla praça podendo abrigar espetáculos ao ar livre, ampliando a capacidade máxima para 20.000 lugares em um espaço de 17 mil metros quadrados. Seu traçado sinuoso é característico de seu criador, e seus painéis retratam três desenhos alegóricos de mulheres. Tem mil metros quadrados de área interna, e ainda vai ganhar um palco externo fixo, além de reforma na estrutura interna.

Estação Hidroviária de Charitas – Terminal das Barcas de Charitas
O Terminal hidroviário de Charitas levou a assinatura do arquiteto Oscar Niemeyer e se tornou uma atração turística da cidade de Niterói. Com dois mil metros quadrados e 700 metros quadrados de vidro para compor o salão panorâmico de embarque de passageiros. O espaço abriga lojas de conveniência, o restaurante Olimpo, e uma vista invejável da enseada e da Baía de Guanabara. Um dos destaques de Charitas é o recuo da estação em relação à linha d’água e a construção de um píer sobre estacas.

Museu Petrobras de Cinema
Prédio do Museu do Cinema, com formato sugestivo de rolo de filme, com um museu, seis salas de projeção e ainda servirá de sede para a Academia Brasileira de Cinema.

Alguns projetos já foram iniciados e outros ainda precisam ser aprovados e construídos, são eles:

  • Torre Panorâmicam – Torre com 60 metros de altura, que abrigará um restaurante, um bar, além de um mirante com visão panorâmica de 360 graus do Centro de Niterói e Baía de Guanabara.
  • Oscar Niemeyer Monumental
  • Edifício Comercial e Hotel Ibis
  • Terminal Integração Multimodal – Substituiria o Terminal Rodoviário João Goulart, a Estação das Barcas e a futura estação Niterói da linha 3 do Metrô (não iniciado).
  • Centro de Convenções (não iniciado)

Outros prédios também foram cogitados, mas não se sabe se irão ser conluídos, são eles: um oceanário, uma capela flutuante – que constava no projeto original e a transformação da Concha Acústica, próximo à UFF, numa arena multiuso. Outros dois projetos foram abandonados como a Catedral batista e Catedral católica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *