Calendário Festivo

A cidade de Niterói costuma celebrar alguns feriados e dias santos, além do aniversário da cidade. Veja abaixo as seguintes festas e feriados, fixos ou móveis:

23 e 24 de Abril – Festa de São Jorge
O Dia de São Jorge é celebrado no dia 23 de abril, data de falecimento do santo, por várias nações para quem São Jorge é o santo patrono. Além da cidade de Niterói, vários outras cidades e países comemoram a data, como o Rio de Janeiro, Reino Unido, Portugal, Geórgia, Catalunha, Bulgária, Canadá, e Adis Abeba (pela Igreja Copta Ortodoxa Etíope). No dia 24 de abril, a cidade celebra com a festa de São Jorge, um feriado estadual, e uma das festas mais tradicionais do país, realizada pela paróquia dedicada ao santo da Rua Alcides Figueiredo, no Centro de Niterói. Para os adeptos da Umbanda e Candomblé, São Jorge, o Santo Guerreiro, é também conhecido como Ogum.

24 de junho a 7 de julho – Festas Juninas
Todo o mês de junho começa a temporada de festas caipiras, as chamadas juninas – que se estendem também em julho – em toda cidade. Comunidades, igrejas, colônias de pescadores e clubes promovem eventos que hoje atraem milhares de pessoas de Niterói e dos municípios vizinhos, com barracas com comidas típicas, bebidas e brincadeiras; quadrilhas para crianças e adultos; procissões com a imagem de Santo Antônio, São João e São Pedro; forró; brinquedos e shows musicais com ritmos que vão do sertanejo ao pagode e funk.

Niterói, diferentemente de outras grandes cidades brasileiras, conserva a tradição católica colonial das festas juninas, sendo inclusive feriado municipal, o dia 24 de junho, Dia de São João, padroeiro da cidade, no qual se realiza festas de arraiá por vários bairros da cidade. Os outros dois santos católicos, Santo Antônio e São Pedro também são intensamente celebrados.

Outras festas também se destacam como a de São Pedro de Jurujuba, de 28 a 30 de Junho, e São Pedro de Itaipu, de 5 a 7 de Julho, que são muito celebrados à medida que a cidade possui intenso vínculo com o mar, sendo o principal polo da indústria naval do Brasil e possuindo três das mais importantes colonias de pescadores artesanais do país, quando inclusive acontece um cortejo marítimo pela orla da cidade e uma grande festa no bairro de Jurujuba.

Natal, Ano Novo e Dia de Reis
Como nas demais grandes cidades brasileiras o Natal as celebrações se dão ao longo de todo o mês de dezembro, e mesmo antes já em novembro, com arranjos e enfeites natalinos e presépios, inclusive espalhados ao ar livre por toda a cidade.

Contudo, as celebrações na cidade começam mais intensamente apenas após o dia 8 de dezembro, rememorando um hábito católico, mais vinculado ao período colonial brasileiro, dia em que os católicos comemoram a Imaculada Conceição, quando a partir daí se enfeitavam as árvores de natal e presépios, e é celebrada a Festa de Nossa Senhora da Conceição.

Na festa da virada do Ano Novo acontece importantes celebrações das tradições religiosas afro-brasileiras ligadas à Umbanda e ao Candomblé, com rituais nas areias das praias e oferendas lançadas ao mar, em especial à orixá Iemanjá. Acontece também a festa oficial organizada na orla da cidade com show de música popular e fogos de artificio, a semelhança à festa em Copacabana, em destaque a quatro praias, Praia de Icaraí, Praia das Flexas, Praia de Itaipu e Praia de Charitas.

Niterói, diferentemente de outras grandes cidades brasileiras, mantém a tradição de encerrar as celebrações do fim de ano com a festa do Dia de Reis, dia 06 de janeiro, época de desmontar os enfeites natalinos, de origem colonial e ainda muito realizadas no interior rural do país. Por vários bairros acontecem festas de Folia de Reis, especialmente os bairros mais populares e da Zona Norte.

Carnaval
Na cidade de Niterói há uma grande e tradicional folia de carnaval, que conta com desfile de agremiações carnavalescas em passarela montada atualmente na Rua da Conceição e “carnavais” de rua pelos vários bairros da cidade. O carnaval niteroiense já chegou ser considerado, durante muito tempo, o segundo maior do Brasil. Sua base era a mesma do Carnaval do Rio de Janeiro, cidade vizinha e que por isso lhe influenciava, constituindo-se principalmente de desfiles de escolas de samba e blocos carnavalescos. Além do desfile, acontecem ensaios das agremiações ao longo do ano e importantes rodas-de-samba. No carnaval, a cidade marca presença com seus blocos e com escolas de samba, principalmente a Unidos do Viradouro. A Acadêmicos do Cubango é outra escola de destaque na cidade.

Outras festas incluem:

1. 7 de Setembro – Desfile do Dia da Independência
A celebração comemora o dia da independência do Brasil com um desfile no centro da cidade.

2. 27 e 28 de Outubro – Festa de São Judas Tadeu

3. 22 de Novembro – Festa de Aniversário da Cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *