Você sabia que banho e tosa é muito mais do que uma simples questão de estética? Além de deixar os animais mais bonitos, cortar os pelos pode ajudá-los a se movimentar melhor, evitar acidentes e, no verão, traz mais conforto!

Por mais que os pelos sejam uma proteção natural do bichinho, o crescimento contínuo deles pode acumular sujeiras, servir como esconderijo para alguns tipos de parasitas e em casos mais graves até causar fungos e bactérias.

Cada raça tem características específicas, o que faz com que o momento banho e tosa mude dependendo do tipo do animal que você está cuidando.

A importância do banho e tosa

cachorro no banho e tosa

O banho e tosa do animal é uma rotina de higiene importante para a saúde dele.

O banho pode parecer um pequeno luxo para o animal, mas não deve ser visto assim. Na verdade, é um hábito muito importante para a saúde e higiene dos pets, por isso deve ser feito com frequência, mas sempre tomando o máximo de cuidado e prestando muita atenção.

Qual a frequência ideal para o banho e tosa?

A frequência que você deve dar banho nos seus pets varia conforme o tipo de pelagem e, é claro, a raça de cada um deles. O indicado é que seja dado banho pelo menos uma vez por semana, a não ser que o seu bichinho esteja passando por algum tratamento dermatológico e o médico veterinário tenha recomendado diminuir a quantidade de banhos.

Já as tosas dependem muito da raça do seu pet, das necessidades de cada um dos animais e da estação do ano, que por mais loucura que pareça, deverá interferir na decisão de cortar ou não quando for fazer o banho e tosa.

Cuidados básicos

É preciso seguir algunns cuidados básicos no banho e tosa do cachorro.

É preciso seguir algunns cuidados básicos no banho e tosa do cachorro.

Todo cuidado nessa hora é pouco, se for fazer o banho e tosa em algum lugar especializado, você deve prestar atenção nos cuidados que eles tomam para que o seu bichinho fique bem!

Se preferir cuidar você mesma desse momento, tudo bem. Tenho certeza que você será ainda mais cuidadosa com o seu pet. A rotina higiênica é muito importante, então procure mantê-la, sempre tomando cuidado para que esse momento não seja estressante e nem cause maiores problemas ao seu animal.

Para te ajudar, separamos algumas dicas importantes para que a hora do banho não seja um problema, independente de ser em casa ou não.

  1. Orelhas – Fique atento com os ouvidos, para que não entre água e cause problemas mais sérios. Se o seu animal estiver muito agitado, procure acalmá-lo, coloque um pedaço grande de algodão nas orelhas dele e recomece o banho.
  2. Pelos e pele – Para ensaboar o corpo do pet, sempre use produtos específicos para o tipo do animal e para a raça específica. Só assim o seu pet ficará livre de possíveis problemas quanto ao uso de produtos inadequados.
  3. Olhos – Mesmo usando os produtos certos, sempre tome cuidado com os olhos, até os melhores produtos podem causar alguns tipos de incômodos aos animais.
  4. Dentes – Os dentes e gengivas também não devem ser esquecidos e precisam fazer parte da rotina de higiene do seu pet! A escovação correta, ajuda na prevenção de bactérias que podem causar perda dos dentes, inflamação, irritação e vermelhidão das gengivas, bem como um maior acúmulo de tártaro. Em casos mais graves, seu pet pode pegar infecções graves.

O banho e tosa do bichinho de estimação também ajuda a controlar a oleosidade dos pelos e, é claro, deixar com um cheirinho super gostoso!

Banho e tosa em casa

banho e tosa em casa

O banho e tosa pode ser feito em casa.

Nem sempre a gente tem tempo ou dinheiro para levar os nossos bichinhos nos petshops, mas é muito necessário! Independente do que está te impedindo de levá-los, eles precisam passar por uma higienização semanal, mesmo que seja em casa.

Para isso, além dos cuidados básicos ditos acima, você vai precisar também de um lugar em que o animal possa tomar banho, atente-se ao fato de que se estiver frio, você não deve usar água gelada. Muitas pessoas dizem que isso é frescura e que o animal não irá se importar, mas eles se importam e, mais do que isso, pode ocasionar em problemas de saúde.

Novamente, use produtos específicos para o pet, além de ser mais saudável ainda vai ajudar nas necessidades da própria espécie, como manter pulgas e outros parasitas longe, fortalecimento do pelo e assim por diante.

Nunca use um dos seus perfumes, por melhor que seja! Opte sempre por produtos próprios para animais.

A secagem é tão importante quanto a lavagem!

Se car os pelos depois do banho e tosa é tão importante quanto.

Se car os pelos depois do banho e tosa é tão importante quanto.

Depois de deixar o seu pet limpo e cheiroso, está na hora de secá-lo. É importante que essa etapa não seja esquecida e nem deixada de lado, mesmo no calor! Não importa a época, seja em dias quentes ou frios, é importante que você retire o máximo de umidade que conseguir.

Caso contrário, com a umidade o ambiente fica perfeito para o aparecimento de bactérias e fungos, que podem ocasionar mau cheiro e doenças de pele, como as dermatites. E isso é a última coisa que você quer quando faz em casa o banho e tosa do seu bichinho!

Para fazer a secagem perfeita, você vai precisar mais do que uma simples toalha, afinal, só com ela não será possível remover toda a umidade. Para te ajudar nessa etapa, separamos como você deve fazer.

  • tire o excesso de água dos pelos com a ajuda de uma toalha
  • seque as orelhas do seu pet com uma toalha ou um algodão
  • verifique se a temperatura do secador está morna e mantenha ele em uma distância de 10 cm do animal
  • proteja os olhos do pet com a outra mão e direciona o secador sempre para trás da cabeça
  • escove bem os pelos do seu pet durante a secagem, além de manter eles em ordem, ainda descarta os pelos que estão atrapalhando

Essa é a maneira mais prática e simples de manter os pelos do seu pet sempre limpinhos e bem cuidados, bem como diminuir os riscos de qualquer doença de pele. Para diminuir ainda mais o estresse do bichinho, invista em toalhas que absorvem bastante água e, se puder, em um secador mais potente, diminuindo assim o tempo de secagem.

O que é a tosa higiênica

banho e tosa higiênica

A tosa higiênica é o tipo de tosa que visa o bem estar do cachorro e sua higiene.

Esse tipo de tosa ajuda a manter a higiene do animal em dia e, por consequência, ele fica muito mais saudável. Ela é feita nas seguintes regiões do pet: barriga, perianal, anal e almofadas plantares, que é a parte de baixo das patinhas, também conhecidas como “coxim”.

Existem outros tipos de tosa, que vão depender da raça ou da preferência do dono do bichinho, por exemplo: é possível fazer a retirada de pelos do ouvido, limpeza na região dos olhos, orelhas e “topete”.

A importância da tosa higiênica

Esse tipo de tosa deve ser feita por todos os animais, independente da raça ou espécie. Além de ajudar na higiene e saúde do animal, ela também ajuda na estética, é claro, e os mantém seguros. Com os pelos crescendo na parte de baixo das patinhas, é muito comum o animal escorregar e sofrer sérios problemas.

A tosa higiênica deve ser feita por profissionais, afinal, ela funciona muito além da simples estética. Além disso, é necessário muita prática para não acabar machucando o seu pet. Portanto, prefira manter pelo menos uma vez por mês o banho e tosa em locais especializados e nas demais semanas você faz as manutenções em casa.

Existem outras tosas além da higiênica, separamos algumas para explicar para você!

Diferentes tipos de tosas

banho e tosa com tesoura e máquina

Há diferentes tipos de tosa com tesoura e máquina.

Você sabia que há vários tipos de tosa e que cada um deles é recomendado para diferentes raças e situações?

Normalmente a tosa é de acordo com o gosto pessoal do dono e estilo do pet, porque interfere, e muito, na aparência do animal, mas se não levar em consideração esses dois itens, cada uma das tosas tem uma função e por isso é bom procurar entender cada uma delas.

Tosa de máquina

Essa é uma das tosas mais normais que tem, é muito comum para animais de pelagem média ou baixa, para aparar e igualar o pelo. E em alguns casos, esse tipo de corte é usado para retirar os nós de pelos mais compridos.

Mas atenção, essas máquinas são específicas para animais, ou seja, não são as mesmas usadas em barbeiros.

Prefira fazer esse corte quando levar o seu pet para o banho e tosa em algum lugar especializado.

Tosa na tesoura

Muito popular por vários motivos, o primeiro deles é porque as tesouras são silenciosas, diferente da máquina que acaba causando medo nos bichinhos, fazendo com que fiquem estressados e sem paciência.

Se for fazer esse tipo de tosa em casa, prefira as tesouras sem ponta, pelo menos até adquirir maior confiança e habilidade. Vá com calma e sempre trabalhe no tempo do seu pet, se perceber que está estressado, dê uma pausa, ofereça um petisco e recomece.

O maior e mais importante segredo em fazer o banho e tosa em casa é aprender como lidar com esse momento. Em primeiro lugar, tanto você quanto seu pet precisam confiar um no outro para que não haja nenhum problema.

Aos poucos vai ficando mais fácil e rotineiro! Não pule nenhuma etapa, principalmente a secagem. Cada uma delas é muito importante para que o seu pet cresça mais saudável e bonito!

Caso tenha alguma dificuldade, procure ajuda profissional e peça para que te mostrem a melhor forma de fazer, mas não desista, com o passar do tempo esse momento vai ser mais prazeroso para você e seu animalzinho.

Leave a Reply